{RESENHA} O GAROTO DO CACHECOL VERMELHO - ANA BEATRIZ BRANDÃO

Título: O Garoto do Cachecol Vermelho
Autor(a): Ana Beatriz Brandão
Editora: Verus
Páginas: 294

Sinopse: Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho... Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer.

Olá amantes, tudo bem?
Hoje trago a resenho do livro "O garoto do cachecol vermelho" da autora Ana Beatriz Brandão.
Quem me acompanha no instagram viu que eu iniciei esse livro há alguns dias e após cinco capítulos eu "abandonei" a leitura.
Bom, o motivo desse abandono foi a minha antipatia pela Melissa, que é uma menina chata e absurdamente FÚTIL.
Sim, eu não estava em um bom momento para lidar com esse tipo de personagem, mas ai veio o final de semana e eu não consegui tirá-la da minha cabeça nem por um segundo, fiquei indagando quais seriam os motivos para ela ser do jeito que era.

"Já tinha me acostumado àquela sensação. A bebida me fazia esquecer, por alguns momentos, quem eu era, e eu precisava disso."

Então na madrugada de domingo para segunda eu me levantei e peguei o livro para ler, passei a madrugada inteira lendo e ao final da leitura eu estava destruída, meu coração ficou em cacos, eu estava a cara da derrota!
Então vou contar para vocês um pouco dessa história.
Melissa é uma jovem rica, mimada, preconceituosa e muito insuportável.
Seu único desejo e entrar na Julliard e ser uma bailarina de sucesso, sempre se dedica diariamente por sua paixão.
Ela mora com sua mãe, mas o relacionamento das duas está longe de ser fraternal, muito pelo contrário, ela culpa sua mãe pela ausência, e está cada vez mais distante da mesma.

"Não me importo com as dores, não me importo com o preço que pago. Quero ser uma bailarina de sucesso, quero ir para a Juilliard, quero ser a primeira bailarina negra reconhecida como a melhor do mundo."

Do outro lado temos Daniel, que é totalmente o oposto de Melissa, um garoto doce, amoroso, um garoto de bom coração.
O caminho deles se cruzam minutos antes da virada do ano. Mel está com seus amigos bebendo e esperando os fogos. Daniel também está com seus amigos, fazendo algo que acaba incomodando muito Mel. Claro que ela imediatamente vai tirar satisfações com ele, e eles acabam tendo uma pequena discussão, e isso acaba incomodando Daniel, ela precisa mudar Melissa, então ele a escolhe para a transformar em uma pessoa melhor.

"O seguro era mais fácil, e tinha mais garantias de sucesso, então era o que eu faria."

Em meios a tantos encontros, nasce um amor entre ambos. Um relacionamento que ira transformá-los, e irá mostrar o melhor dos dois, e nos faz acreditar que o amor pode sim mudar as pessoas.
Aos poucos a Melissa foi tirando a imagem ruim que eu tinha ao seu respeito, e confesso que senti certa simpatia por ele ao decorrer da história.
A forma como o enredo vai se desenrolando me deixou muito aflita, eu fiquei um pouco perdida em meio aos acontecimentos que estavam vindo sem aviso, e me deixando cada vez mais com o coração na mão.

"Se o deixasse ir, seria como se estivesse negando aquilo para mim mesma. Só que eu não queria mais negar nada."

O final foi destruidor, e lindo ao mesmo tempo, com certeza não era o que eu esperava, até porque criei amor incondicional pelos personagens, mas foi bem condizente.
Essa história me marcou muito, me fez chorar litros em pouco tempo, me destruiu e agora cá estou com uma ressaca daquelas, esperando a hora que poderei juntar meus caquinhos e ser a Rayanni de sempre,  mas sei que isso será bem impossível, pois esse livrou me mudou.

"O amor é uma coisa estranha, é como areia movediça. Quanto mais lutamos para sair, mais profundamente nos vemos presos nela. Lutei com todas as forças para não me apaixonar por Daniel, e agora estava enterrada até o pescoço."
Queria ficar horas e horas falando sobre a obra, mas a única coisa que posso dizer a vocês nesse momento é que LEIAM, leiam sem moderação, se entreguem a essa história e depois me contem como foi a experiência, um beijo.





22 comentários:

  1. Que linda resenha! A Mel é difícil de engolir mesmo, e fico feliz que tenha dado uma segunda chance para a história deles. Obrigada por esse carinho, me emocionou demais. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, ah que amor, fico extremamente feliz por ter te emocionado, mas acho que quem se emocionou e muito fui eu ♥

      Excluir
  2. Oi, Rayanni! Como vai?
    Menina, antes de tudo, preciso dizer que seu blog é lindo demais! Não estou sabendo lidar, não.
    Ainda não li O Garoto do Cachecol Vermelho, mas pretendo fazê-lo ainda esse mês, principalmente depois de tudo o que você disse – me segurando pra não atropelar os que eu estou lendo no momento e pegar esse logo, mesmo que me dê uma baita ressaca literária também.
    Beijinhos,
    Karol
    www.melodeoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karol, estou bem e tu?
      Ah muito obrigada flor ♥
      Fico feliz que tenha gostado, prepare os lenços! haha
      Um beijo.

      Excluir
  3. Oi tudo bem?
    Já tinha visto esse livro por aí mas não havia parado para ler nada sobre. Menina fiquei com vontade de saber mais sobre esse final arrebatador que você falou tanto e talvez chorar uns litros também.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, prepare os lenços! haha
      Um beijo.

      Excluir
  4. Ola
    Estou ansiosa por esse livro, ainda mais porque já li ótimos comentários a respeito, assim como em suas impressões. Acho a capa linda, o que acaba se tornando mais uma motivação. Esse enredo tem todos os elementos que eu gosto e não poderia estar mais animada!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, prepare os lenços! haha
      Um beijo.

      Excluir
  5. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Já tinha grande interesse por essa obra, mas, ao ler sua resenha minha vontade de ler triplicou!!! Adoro quando o autor nos surpreende com finais arrebatadores assim... A premissa é muito interessante também ;)
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Fico feliz que tenha gostado, espero que possa ler e que a leitura te surpreenda.
      Um beijo.

      Excluir
  6. Olá!
    Que bom que você deu uma segunda chance ao livro, afinal ele criou raiz e se prontificou de deixar uma marca em você. É tão maravilhoso quando nos conectamos dessa forma com a leitura!!
    No entanto, sendo sincera, realmente gostaria de ter me conectado ao livro para poder me sentir emocionada assim como você, mas o livro não me instigou nem um tantinho a curiosidade :(
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Tenho muito interesse neste livro, principalmente por te rum final destruidor e lindo, como você bem definiu, mas ao mesmo tempo tenho um pouco de receio.
    Sua resenha está perfeita.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Eu também já realizei essa leitura e embora tenha gostado muito da trama, dos assuntos abordados e do final, confesso que a Melissa me revirou as entranhas. QUE CRIATURA INSULPORTÁVEL! Ah, gente, qual a necessidade de uma pessoa ser tão enjoada assim? Eu a odiei! Em contrapartida, amei o Daniel. Uma fofura que só, deu vontade de levá-lo par casa. Enfim, adorei sua resenha!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  9. Achei a capa desse livro muito bonitinha. Mas acho que ficaria do mesmo jeito que você ficou com a Mel, huauha! Não sei se leria esse livro apesar dos seus comentarios positivos e o quanto ele mexeu com você. Acredito que essa seja a função de uma boa história: nos incomodar e nos tirar no lugar de meros espectadores para torcer e nos colocar no lugar dos personagens.

    Mas, por se tratar de um romance, não sei memso se o leria, huahua!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oie! Tudo bem?

    Já vi bastante essa obra por ai, mas nunca cheguei a realizar a leitura dela, e para falar a verdade não sinto interesse em conhecer a história em si, mas já li bastante resenhas positivas sobre ela, e acho essa capa muito linda, tão linda quanto o do segundo volume!

    Bjss

    ResponderExcluir
  11. Oi Ray,
    Ainda não li esse livro, mas estou com ele na lista de futuras leituras. Fiquei muito contente por você ter curtido tanto assim a leitura e o final ser tão destruidor assim.
    Os quotes que você apresentou me deixou muito mais curiosa do que eu já estava.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Sou doida para ler esse livro, nunca vi uma crítica negativa dele rsrsrs
    Acho incrível a autora ter conseguido conquistar tantos leitores com uma protagonista insurportável, mas acredito que esse seja o objetivo mesmo, incomodar, mostrar uma evolução e contrapor com a personalidade apaixonante do protagonista.
    Quando consegui-lo tenha certeza que vai passar na frente da fila

    ResponderExcluir
  13. Oi,

    Apesar dos elogios, eu não tenho mais tanta paciência para ler livros mais YA. Salvo algumas exceções. Não me interessei pelo livro, nem pela história, mas que bom que tenha sido uma ótima leitura. :)

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    quero muito ler esse livro ainda mais agora que mais um livro da autora está sendo lançado. Vou tentar providenciar meu exemplar porque diante de tantas leituras desejadas ainda não consegui comprar o meu livro. A capa é magnífica e combina bastante com a capa do outro, certeza que quero ter esses livros na minha estante, além de querer conhecer a história e gostar bastante do gênero, é claro.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?
    Esse livro já havia chamado minha atenção pela capa e sua resenha acabou de me ganhar de vez! Já quero ver Daniel despindo Melissa de seus preconceitos. Quero muito conferir esta história que nos mostra que o amor pode sim mudar as pessoas e que nos deixa destruídas no final! rs Amei a foto e a resenha ^^
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Que bom que a leitura fluiu depois de um começo não muito bom. Eu acho que eu também me sentiria da mesma maneira em relação a personagem e acho que isso não mudaria. Eu sempre achei a trama juvenil demais, sabe? Não que isso seja um defeito, apenas não é o tipo de leitura que eu curto. Passei da idade e certas coisas me soam muito infantis demais. Então, apesar de depois a leitura ter ficado boa pra você e dos elogios que você teceu, não é um livro que eu leria. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi! Esse livro já começou a me encantar pela capa e a sinopse me pareceu interessante. Também não gosto muito de personagens muito mimadas,acho que poir isso demorei tanto a terminar A herdeira. Bom, apesar desse ponto negativo o livro arrancou de você muitas lágrimas , então acho que vou gostar. Gosto de livros que despertam emoções. Dica anotada, beijos.

    ResponderExcluir